• Sérgio Faria

Disney inventa touchscreen que permite sentir texturas


Experiência de visão do mundo

Quando ouvimos o nome Disney Research, a suposição de imediato é que é um laboratório dedicado ao desenvolvimento de melhores animatronics ou algum outro aplicativo semelhante de tecnologia de ponta. Mas um novo desenvolvimento do laboratório poderá mudar completamente a maneira como usamos as telas sensíveis ao toque, acrescentando feedback tátil realista às imagens 3D exibidas.

no vídeo, a Disney Research mostra um processo que chama de "renderização 3D de dispositivos tácteis em superfícies sensíveis ao toque." Para o projeto, os pesquisadores usaram um monitor baseado em eletrovibração e um novo algoritmo desenvolvido in-house para permitir que a mão humana possa sentir as texturas dos objetos, tal como apresentado na tela.

O algoritmo mapeia as forças de atrito entre a tela e dedo do usuário com os contornos da superfície da imagem virtual 3D apresentados no ecrã táctil. Essa dinâmica permite que o sistema se ajustar a várias sensações superficiais virtuais em tempo real, em vez de oferecer sensações enlatadas como algumas experiências de feedback tátil demonstraram no passado.

Este sistema de toque funciona em basicamente tudo, desde topografias, mapas, animais e qualquer número de objetos 3D renderizados.

"A interação por toque se tornou o padrão para smartphones, tablets e até mesmo em computadores desktop, assim desenvolver algoritmos que podem converter o conteúdo visual em sensações táteis realistas tem imenso potencial para enriquecer a experiência do usuário", Ivan Poupyrev, diretor de interação do grupo do Pittsburgh na Disney Research, disse em um comunicado.

"Acreditamos que nosso algoritmo irá tornar possível a renderização de informação tátil sobre o conteúdo visual e que isso irá levar a novas aplicações para monitores thouchscreens."

Fonte: Portal Educação