• Sérgio Faria

O mundo precisa de loucos


Recentemente li uma poesia fantástica que me fez refletir sobre a loucura. Será que a loucura é uma coisa ruim? Ou será que é o que mais está fazendo falta no nosso mundo? Não estou falando daquela loucura de hospitais psiquiátricos, estou falando daquela loucura boa, que nos faz sermos ousados e buscarmos caminhos diferentes e originais. Cada vez mais eu me dou conta que as pessoas que são consideradas loucas são as que mais contribuem para a melhoria do mundo. Exatamente! É como eu intitulei esse post. O mundo precisa de loucos. As pessoas estão se tornando o que luto todos os dias para não me tornar, PREVISÍVEIS. Você olha para alguém e já sabe tudo que ela vai fazer e muitas vezes até o que vai dizer. Isso é horrível e destruidor. E uma das primeiras coisas que destrói é a CRIATIVIDADE. Perceba! Não tem como uma pessoa previsível ser criativa, porque ela faz o que todo mundo faz, não inova, não foge às regras, não dá uma pitada de ousadia e não vive o valor da descoberta. Já os imprevisíveis não. Estes quase sempre são criativos, estão sempre com o cérebro fervilhando de ideias, estão sempre tomando atitudes mais ousadas e logicamente, agregando valor à vida das pessoas. Vamos ser loucos e fazer desabrochar em nós essa criatividade tão necessária.

Enfim! Vamos à poesia, da autoria de Avany Morais.

Loucos

Falar de loucos é falar de sábios! Posto que, loucos veem além da visão… Sentem nos lábios a essência da vida E discordam, sem pedir permissão.

Loucos… Precisamos destes loucos Para virar a mesa, jogar o jogo bruto, Mudar o mundo, as regras, não aos poucos, Mas mudar abruptamente, num espaço curto.

No caos que se encontra nosso País no momento, Atravessando duramente tanto descontentamento, Para mudar, hoje, ser louco é a única solução. Somente um louco, poderia revolucionar a nação.

Um louco que sonhando seja capaz de o mundo mudar… Que vivendo seja na terra, no ar ou no mar, ouse… Crie, invente, faça seu pensamento ecoar, vibrar… Sem medos, sem tabus, um louco essencial capaz de amar.

Você percebe a maravilha que acabou de ler? Os loucos são os sábios. São aqueles que revolucionam o mundo, que fazem o mundo sair da mesmice e do marasmo. Sem os loucos, o mundo não teria graça nenhuma, nem graça de riso, nem graça de bênçãos. Eu amo os loucos, tenho uma admiração sem palavras por eles. Eu quero ser louco, quero lhe convidar hoje a também fazer parte desse grupo seleto e que também queira se orgulhar de sê-lo.

Tem uma frase de um cara que sou fã e já falei inúmeras vezes dele aqui. Estou falando do mestre Raul Seixas. Em sua música “maluco beleza” temos a frase: “Vou ficar, ficar com certeza, maluco beleza…”. Raul era louco e adorava isso, e na música “quando acabar o maluco sou eu” temos a frase: “Eu sou louco, mas sou feliz. Muito mais louco é quem me diz, eu sou dono do meu nariz, em feira de Santana ou mesmo em Paris...”. Nessa última frase percebemos claramente a sua ousadia e vida totalmente sem regras. Essa vida sem regras o fez desenvolver todo o seu potencial artístico, mas foi uma pena, porque também o levou a autodestruição. É nessa hora que digo que é importante dosar. Precisamos ser loucos, mas loucos moderados. Precisamos desenvolver aquela loucura que aguça a percepção e a criatividade, que são tão importantes para a melhoria pessoal e coletiva.

As palavras do fim da poesia também são bem filosóficas. São os loucos essenciais que fazem o mundo ser melhor. Eu adoro a palavra ESSENCIAL, e sempre que leio essa palavra me recordo do livro “o pequeno príncipe” e de sua célebre frase: “o essencial é invisível aos olhos”. Essa frase se encaixa perfeitamente nos loucos, pois eles têm algo essencial e que é invisível aos olhos, que se chama CRIATIVIDADE e OUSADIA. Dois ingredientes que fazem o mundo ser melhor e evoluir.

Você conhece uma das campanhas publicitárias mais famosas do mundo? A campanha da empresa Apple de 1997. Seu texto fala sobre os loucos como sendo as pessoas que mudam o mundo! O vídeo inspirador está logo abaixo.

Fonte: Paralendogora

Copyright © 2013©Quintal da Engenharia. Todos os direitos reservados.

phone: +55 - 11- 97459-6608

e-mail: sfaria.eng@gmail.com

  • LinkedIn
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter